Notícias

27/08/2021 - Pecuária

Alta do milho: quais alternativas para otimizar o uso na nutrição animal?


O milho tem sido o principal ingrediente para fornecimento de energia a bovinos em fase de terminação, pela alta concentração de amido em sua estrutura. Com a alta no preço desta matéria-prima, porém, aproveitá-la da melhor forma é uma das alternativas para otimizar a dieta fornecida aos animais, garantir melhor eficiência alimentar e resultados positivos para o negócio.

O aumento na digestibilidade ruminal do amido presente no grão de milho é responsável pela melhoria no desempenho de bovinos de corte, em virtude do aumento do aporte energético para o animal e do aumento da produção de proteína microbiana.

As condições tropicais típicas do nosso país impõem limitações para produtividade de milho de endosperma macio, do tipo Farináceo, que naturalmente possui maior digestibilidade. Alguns processamentos nos grãos de milho agem na matriz proteica citada acima, deixando o amido mais disponível aos microrganismos do rúmen bovino. Os mais comuns no Brasil são: ensilagem de grão úmido, ensilagem de grão reidratado e ensilagem de espiga de milho (Snaplage).

Continue lendo AQUI

Por Letícia de Souza Santos
Fonte: Campo Grande News




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.