Notícias

09/11/2021 - Soja

Biológico controla mofo-branco na soja


O mofo-branco, doença causada pelo fungo Sclerotinia sclerotiorum, e pode gerar perdas de até 70% na produtividade de uma lavoura, segundo dados da Embrapa. Conhecido mundialmente por ser muito agressivo, inespecífico e com um grande número de hospedeiros atacahastes e ramos, gerando amarelecimento, murcha, secamento de folhas, podendo inclusive levar à morte da planta.

Apesar de mais difícil, a transmissão da doença pode acontecer através da infecção de sementes por meio do micélio dormente ou por escleródios (estruturas de resistência do patógeno) misturados ao insumo. Porém, os maiores danos ocorrem nos estágios reprodutivos (floração e formação de vagens).

“A doença sobrevive no solo por várias safras na forma de escleródios, que germinam e desenvolvem apotécios na superfície do solo. Por sua vez, estes produzem ascósporos (esporos) que são liberados ao ar e são responsáveis pela infecção das plantas. Ela ataca principalmente o terço inferior das plantas, no baixeiro, exigindo um monitoramento criterioso logo nos primeiros estágios de estabelecimento da cultura. A fase mais vulnerável da planta vai da floração plena até o início da formação das vagens”, destaca o gerente de Lançamentos para Proteção de Cultivos da Bayer, Erick Cancian.

Continue lendo AQUI

Por Eliza Maliszewski
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.