Notícias

17/11/2021 - Pecuária

Boi: desceu de tobogã, subiu de foguete, e poderia estar a R$ 350 com China na porta


O boi desceu de tobogã em dois meses, sem China, e subiu de foguete em duas semanas, sem China.

Mais um pouco o Brasil vai esquecer que o mercado exportador de carne bovina “vivia” para a China?

Brincadeiras à parte, a verdade é que para o produtor até poderia parecer – enquanto para os frigoríficos já chegam a mais de US$ 1,5 bilhão a menos em exportações -, se não lembrasse que se o maior comprador global do Brasil estivesse de novo às portas, o boi poderia estar nos R$ 350, pelo menos.

Recuperou R$ 60 a R$ 65, em 15 dias, só com o mercado interno pouco coisa menos claudicante.

O animal gordo encosta nos R$ 305 em São Paulo, por exemplo, de onde chegou a R$ 250/255, dias depois de os chineses paralisarem as compras após os episódios de vaca louca atípicas, no comecinho de setembro.

Continue lendo AQUI

Por Giovanni Lorenzon
Fonte: MoneyTimes




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.