Notícias

27/12/2021 - Pecuária

Bom manejo de pasto pode neutralizar emissões de carbono na pecuária, dizem pesquisadores


A discussão sobre o impacto da indústria agropecuária sobre as mudanças climáticas foi um dos pontos centrais da COP26 em Glasgow, na Escócia, realizada em novembro, mas os debates e os compromissos firmados na conferência – entre os quais o de redução de 30% das emissões de metano, que teve adesão também do Brasil – ficaram longe de esgotar o tema, que deve seguir no topo da agenda ambiental global em 2022.

Como parte dessa discussão, nos últimos anos, pesquisadores têm demonstrado ser possível reduzir ou até mesmo neutralizar as emissões de poluentes na criação de gado por meio de bom manejo das pastagens. “Temos emissões prejudiciais quando a pastagem é mal manejada, é degradada. Com a utilização das técnicas de manejo, chega-se a um resultado totalmente diferente. Não chega a ser necessário retirar todo o gado para deixar o pasto em repouso”, disse Roberto Giolo, pesquisador da Embrapa Gado de Corte em Campo Grande (MS), ao Valor.

Segundo ele, a indústria da pecuária tenta, desde 2006, descontruir o argumento de que a atividade seria responsável pela emissão global de 18% dos gases de efeitos estufa. O dado, afirma, foi divulgado na época pela FAO, a agência das Nações Unidas para a agricultura e a produção de alimentos.

Continue lendo AQUI

Por Rafael Bittencourt e Rikardy Tooge
Fonte: Valor Econômico




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.