Notícias

30/06/2021 - Pecuária

Brasil, Austrália e África do Sul unificam dados sobre resistência bovina ao carrapato


Pesquisadores de diversos países divulgaram a união de bancos de dados do Brasil, África do Sul e Austrália com informações de predição genômica para resistência de diversas raças de bovinos de corte ao carrapato.

Cerca de 80% do gado de corte e leiteiro do mundo são afetados pela zoonose que causa prejuízos bilionários à  produção em escala global, apontam os autores do estudo.

Os resultados desse trabalho inédito integram o artigo “Predição genômica de vários países e raças de resistência a carrapatos em bovinos de corte”, publicado na revista científica internacional Frontiers, informou a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Conforme o pesquisador Fernando Flores Cardoso, chefe-geral da Embrapa Pecuária Sul e primeiro autor do artigo, o grau de infestação por carrapatos é um fenótipo muito difícil de coletar nos rebanhos para a avaliação da resistência dos animais.

“Dessa forma, unir dados de diferentes países e raças bovinas representa um avanço importante para a seleção genômica voltada à resistência ao carrapato”, afirmou em nota da empresa pública.

Além de ser um parasita direto, o carrapato se comporta como vetor dos patógenos responsáveis pelas doenças que caracterizam o complexo da Tristeza Parasitária Bovina, que causam perda na produção de carne e de leite e a desvalorização do couro, fora os gastos com controle de pragas.

Mais informações AQUI

Fonte: Globo Rural 




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.