Notícias

24/11/2021 - Pecuária

'China deverá reduzir importações de carne bovina em 2022'


O governo chinês anunciou ontem (23/11), que vai autorizar a importação de carne bovina brasileira certificada antes do dia 4 de setembro. Mesmo assim, o embargo ao produto brasileiro ainda permanece.

Para o comentarista do Canal Rural Benedito Rosa, o embargo chinês permanece devido à recuperação do plantel de suínos do país asiático. “A demanda por carne está sendo atendida pelo mercado interno. Isso explica a ausência de quase três meses da China, que promoveu a suspensão dos embarques sem relação com a questão sanitária”, diz o comentarista.

Ainda de acordo com Rosa, o país asiático vai retomar as compras de carne bovina do Brasil de forma gradual, mas em menor volume para o próximo ano. “Os volumes de exportação serão menores em 2022, pois, aparentemente, a China está diversificando sua fonte de fornecedores da proteína animal”, finaliza.

Assista AQUI
Fonte: Canal Rural

Leia também: Carne bovina na China: quem pagará a conta dos 80 dias de cargas paradas?
Fonte: Portal DBO




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.