Notícias

27/10/2021 - Pecuária

China solicita documentação para liberar carga brasileira de carne


A China retomou ontem (26/10) o processo para liberar cargas de carne bovina exportada pelo Brasil após 4 de setembro, quando foram suspensas as certificações por parte do governo brasileiro devido a dois casos atípicos de mal da vaca louca no país. Segundo a consultoria Agrifatto, pelo menos três frigoríficos já foram notificados pelas autoridades chinesas para enviar a documentação relacionada a mais de 300 mil toneladas paralisadas nos portos chineses.

De acordo com a diretora da Agrifatto, Lygia Pimentel, é o processo normal para que a carne já exportada entre no mercado chinês. Ela destaca que a documentação refere-se à carga já certificada para a exportação, mas embarcada após a suspensão. Ou seja, não está relacionado a um possível fim do embargo chinês, que continua vigente.

“Toda a carga que sai daqui o exportador tem que mandar a documentação oficial para a aduana liberar e fazer o despacho e normalmente essa documentação é enviada ao final do processo. Um pouco antes do navio chegar na China eles pedem a documentação. E finalmente agora foi pedida. Então é mais um bom sinal”, afirma Lygia. 

Continue lendo AQUI

Por Cleyton Vilarino
Fonte: Globo Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.