Notícias

09/12/2020 - Clima

Chuva só retorna para as lavouras do Sul na semana que vem


A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) está provocando chuva contínua, desde a Amazônia até a costa do Sudeste. “Esta ZCAS não é tão forte, porque quando temos a formação deste sistema é normal termos acumulados de 300 milímetros em uma semana, o que não está sendo o caso”, afirma o meteorologista da Somar Celso Oliveira.

Há previsão de chuva de 100 a 150 milímetros entre Minas Gerais e Espírito Santo. Precipitação abrangente também é esperada em boa parte do Sudeste, Goiás, Mato Grosso e Rondônia, pelo menos até o fim desta semana. Por outro lado, a previsão é de pouca chuva sobre o Matopiba e a região Sul.

A partir do sábado, 12, este padrão muda. Voltaremos a registrar chuva entre os dias 13 e 17 de dezembro, com acumulados significativos, no oeste do Paraná e Santa Catarina. Nesse período, também há previsão de chuva no Sudeste, só que na forma de pancadas. A chuva diminui em Mato Grosso e Rondônia. O Matopiba também vai continuar com chuva fraca.

No período de 18 a 22 de dezembro, as pancadas voltam a se espalhar por grande parte do Brasil. A precipitação aumenta no Matopiba, com acumulados que devem passar de 50 milímetros na divisa da Bahia com o Tocantins.

Vale ressaltar que o fenômeno La Niña continua intenso e ativo. O retorno da chuva mais frequente neste início de mês à região Sul não significa mudança do cenário. Tanto que a partir de meados de janeiro até o início do outono, a chuva voltará a ficar irregular nos três estados da região, aumentando a chance de perdas na soja do Rio Grande do Sul e da segunda safra de milho do Paraná.

Por Pryscilla Paiva
Fonte: Canal Rural - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.