Notícias

12/11/2021 - Soja

Ciência volta ao passado para gerar soja mais resistente à seca


A demanda da planta de soja por água tende a ficar cada vez maior por conta da elevação da temperatura global. Conforme o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), as próximas décadas serão de estiagens mais frequentes e chuvas torrenciais em grande intensidade, ou seja, com distribuição deficitária ao longo da safra.

Na tentativa de amenizar os impactos desse cenário negativo no agronegócio, a ciência trabalha no desenvolvimento de grãos mais tolerantes à seca. Para isso, está buscando no passado o histórico de cultivares que possam trazer respostas para as carências atuais.

Todavia, antes de se aprofundar no assunto, vale registrar que mais de 95% da soja brasileira é cultivada em regime de sequeiro. Desta forma, a necessidade de chuva durante a floração e o enchimento de grãos é de cerca de oito milímetros por dia, segundo a Embrapa. Tal exigência pode ser ainda maior se os termômetros estiverem acima dos 30°C, algo absolutamente comum no Brasil.

Continue lendo AQUI

Por Victor Faverin
Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.