Notícias

14/07/2021 - Milho

Cigarrinha do milho: como minimizar os efeitos da praga nas lavouras?


Diante do avanço da cigarrinha do milho nas lavouras em Mato Grosso, o clima seco, o excesso de plantas voluntárias no campo e o aumento do cultivo de milho verão, são apontados como principais fatores para a proliferação e migração da praga no estado. Os agricultores cogitam a necessidade de uma regulamentação no cereal para tentar evitar a chamada ‘ponte verde’ da praga no campo.

O produtor Silvésio de Oliveira deu início à colheita dos 1.350 hectares de milho segunda safra, na propriedade localizada no município de Tapurah. A falta de chuva comprometeu o desenvolvimento da plantação semeada fora da janela, e a estimativa é de quebra de 30% na produtividade final. Outra preocupação do agricultor é a infestação da cigarrinha no campo. Oliveira conseguiu controlar o ataque no milharal, mas o problema foi conter a migração dos insetos, que causaram danos nos 150 hectares de pastagens da fazenda.

“A praga está se multiplicando em quantidade muito grande na pastagem, inclusive estamos pulverizando. Surgiu do milho no final do ciclo, e agora está se reproduzindo na pastagem, um dano mais lento em relação à cigarrinha da pastagem. A grande preocupação nem é tanto com a pastagem, mas sim com a próxima safra de milho, conta Oliveira.

“O que assusta é a quantidade desse bicho no campo, em todos os lugares, na mata, na lavoura. Ele pode chegar inclusive na soja, porque a soja tem a flor, e o que a gente está observando aqui, é que esse bicho ataca a flor, porque na flor do milho tinha mais ataque no pendão, justamente onde tinha a flor”, relata o presidente do sindicato rural de Tapurah, Dirceu Luiz Dezem.

O pesquisador da Embrapa, Rafael Pitta, explica que essa espécie de cigarrinha só consegue se reproduzir no milho. Mesmo assim, a infestação da praga no campo este ano aumenta a chance de disseminação de doenças e requer atenção redobrada no manejo de plantas hospedeiras.

Mais informações AQUI

Por Pedro Silvestre
Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.