Notícias

16/06/2021 - Outros

Como os flextarianos estão mudando o plantio de soja no mundo


Há uma nova categoria de consumidores no mercado de alimentação. Os “flextarianos” são aqueles que estão diversificando as fontes de proteína, ou seja, buscam comer menos carne. Porém, ao contrário dos veganos e dos vegetarianos, que eliminam por completo a proteína animal, o flextariano recorre às “carnes de planta” — na prática, ele aumenta o consumo de proteínas.

O cenário impulsiona o mercado de proteína vegetal, que deve crescer entre 12% e 14% ao ano, na próxima década. “O consumo sobe no mundo inteiro, não apenas na Europa e nos Estados Unidos”, afirma Letícia Gonçalves, CEO global da divisão de nutrição humana da ADM, uma das maiores tradings de soja do mundo.

O aumento da demanda por proteína vegetal está criando um novo mercado para produtores de soja. Segundo Gonçalves, para produzir as carnes de planta, o ideal é contar com grãos especiais, diferentes da soja utilizada para a produção de ração animal — destino de quase a totalidade das safras.

“Por enquanto, é um mercado de nicho. Mas vai crescer e se tornar muito relevante”, afirmou Gonçalves, destacando que é uma grande oportunidade para os produtores brasileiros. “Não acredito que um mercado vá canibalizar o outro. A demanda continuará aquecida.”

Mais informações AQUI

Por Rodrigo Caetano
Fonte: Exame.com




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.