Notícias

04/01/2022 - Milho

Demanda firme deve sustentar preços do milho neste início de ano

De acordo com o Cepea, situação deve ser verificada ao longo do primeiro semestre, podendo mudar de acordo com o resultado da safrinha

Os preços do milho no mercado interno devem começar o ano acima das médias históricas, avaliam os pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). As cotações devem se manter sustentadas especialmente no primeiro semestre do ano, em função dos baixos estoques e da expectativa de demanda aquecida. Pelo menos até o momento, as estimativas oficiais apontam para uma produção recorde, apesar dos efeitos nocivos do clima na região Sul do Brasil. 

Em dezembro, o indicador de preço do milho medido pelo Cepea, com base em Campinas (SP), acumulou valorização de 6,97%. No dia 30 de dezembro, fechou a R$ 90,35 a saca de 60 quilos. "no primeiro semestre de 2022, os baixos estoques e a demanda firme podem limitar a possibilidade de quedas expressivas nas cotações, ao passo que, na segunda metade do ano, pode haver certa pressão sobre os valores, caso se consolidem as projeções de oferta de segunda safra elevada", diz o Cepea, em nota

Fonte: Globo Rural

Mais informações AQUI




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.