Notícias

12/11/2021 - Outros

Em meio ao 'apagão' de insumo, governo prevê safra recorde de grãos


Enquanto os agricultores avançam com as máquinas para plantar a próxima safra, os dois órgãos do governo responsáveis pelas estimativas de produção seguem a liturgia mensal de tentar prever o quanto o Brasil colherá em 2022. Os novos números divulgados ainda não levam em consideração os efeitos que a falta e o atraso na entrega de insumos, tanto fertilizantes quanto defensivos, terá sobre os rendimentos das lavouras do país e que ainda colocam em risco a próxima safra de grãos.

No Ministério da Agricultura, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) espera por uma oferta de 289,8 milhões de toneladas de grãos, 1,2 milhão a mais do que havia sido projetado em outubro e 14% superior à safra anterior.

No Ministério da Economia, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) se mostra um pouco mais conservador e estima uma colheita de 270,7 milhões no próximo ano em seu primeiro levantamento, 7,8% a mais do que neste ano.

Continue lendo AQUI

Por Alexandre Inacio
Fonte: Bloomberg Línea




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.