Notícias

03/09/2021 - Milho

Estiagem e forte geada influenciaram na produtividade do milho e do trigo


O relatório mensal do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento aponta uma redução, já esperada, na produção do milho da segunda safra 2020/21. A estiagem prolongada e a geada intensa foram os principais fatores que influenciaram na produtividade da safra.

Com uma área de 427.822 hectares plantados na Regional de Toledo, o Deral trabalha com uma produtividade de 1.065.000 toneladas, quebra de 58%. “É uma redução muito grande, visto que a nossa região é grande produtora de milho e depende muito do grão também para a produção de proteína animal. Essa quebra vai fazer falta”, comenta o técnico do Deral Paulo Oliva.

Ele lembra que a quebra é reflexo do atraso na implantação da safra, a estiagem prolongada e a forte geada que ocorreu em uma fase suscetível do milho. No território, cerca de 70% do milho safrinha está colhido. No relatório do Deral 58% das lavouras apresentam condição ruim, 32% médio e 10% apresentam boas condições. “O milho safrinha ainda tem 1.500 hectares de área totalmente perdidas”.  

Continue lendo AQUI

Fonte: Jornal do Oeste




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.