Notícias

12/11/2021 - Soja

Exportação pode superar recorde de 2018


Mantidas as condições esperadas para próximo ano, com produção em níveis históricos, preços razoáveis e demanda por grãos ainda aquecida, as exportações do setor devem continuar crescendo, estima o presidente da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), Sérgio Mendes. “As perspectivas são muito boas para a soja e também para o milho. Considerando os indicadores disponíveis até o momento, poderemos talvez chegar a volumes recordes.”

A demanda chinesa, na sua avaliação, continuará puxando as exportações. Principal destino das exportações do agronegócio, a China tem participação superior a 37% nos embarques totais, atingindo perto de 70% no caso da soja. Nos 12 meses encerrados em setembro, o agronegócio exportou US$ 116,7 bilhões, crescendo 14,5% em relação aos 12 meses imediatamente anteriores. Mantidas nesses níveis, as vendas externas poderão superar o recorde de 2018, quando somaram US$ 101,17 bilhões.

A possibilidade de uma safra menor na Argentina, em decorrência do calor excessivo, não está descartada e poderia favorecer as vendas brasileiras, especialmente no caso da soja. As exportações de milho, aponta Felippe Serigati, do Centro de Agronegócios da Fundação Getulio Vargas (GV Agro), devem avançar, depois da redução abrupta observada neste ano em função da frustração da safra, o que reduziu a oferta doméstica em quase 15,6 milhões de toneladas.

Continue lendo AQUI
Leia mais: Manejo sustentável

Por Lauro Veiga Filho
Fonte: Valor Econômico




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.