Notícias

28/12/2021 - Soja

Extremos: Lavouras 2021/22 acumulam perdas por falta ou excesso de chuvas em partes do BR


As perdas da safra 2021/22 por adversidades climáticas de diversas naturezas e intensidades estão se acumulando, se mostrando cada vez mais aparentes, porém, ainda são difíceis de serem contabilizadas. Já há consultorias estimando uma quebra de até 10 milhões de toneladas na produção da América do Sul, enquanto outras acreditam que a perda de 10 milhões pode dar-se somente no Brasil. 

O país passa por um cenário de extremos. O excesso de chuvas no Centro-Norte ainda não causa perdas agressivas para a soja, porém, começa a tirar a qualidade das lavouras, principalmente as que estão em estágios mais avançados de desenvolvimento. Enquanto isso, da região Sul partem relatos de perdas irreversíveis e de condições jamais vistas ocasionadas pela estiagem.

No Paraguai e na Argentina, cenários semelhantes. E o momento traz ainda mais incerteza sobre o real tamanho da safra sul-americana diante dos atuais desafios. De acordo com um levantamento feito pelo Grupo Labhoro, a produção paraguaia pode apresentar uma baixa de, pelo menos, 20%, ficando entre 8 e 8,5 milhões de toneladas, contra mais de 10 milhões da safra anterior. 

"As altas temperaturas previstas para o Sul da América do Sul, que podem bater na casa dos 40 graus no centro da Argentina, traz grandes preocupações para os produtores", afirma o diretor geral do grupo, Ginaldo Sousa.  

E os prejuízos tendem a continuar aparecendo, uma vez que as previsões climáticas continuam mostrando altos volumes de precipitações na metade norte do Brasil, enquanto o sul segue sofrendo com uma onda de calor severo, temperaturas se aproximando de 40ºC e pouquíssima ou nenhuma chuva. 

Continue lendo AQUI

Por Carla Mendes 
Fonte: Notícias Agrícolas




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.