Notícias

04/01/2021 - Milho

Governo argentino tranca exportações de milho

Ministério da Agricultura alegou necessidade de abastecimento interno até que se inicie a colheita da safra 2020/2021

A Argentina suspendeu temporariamente a exportação de milho e alegou a necessidade de garantir o abastecimento interno dos setores de proteína animal que utilizam a matéria-prima. A medida anunciada em 30 de dezembro vale até 1º de março, quando começa a ser colhida a safra 2020/2021.

Em nota, o Ministério da Agricultura argentino explicou que havia 38,50 milhões de toneladas da safra 2019/2020 sujeitas à exportação. Deste volume, 34,23 milhões de toneladas de milho foram embarcadas para outros países. O restante, 4,27 milhões de toneladas, deverá agora ficar disponível para o consumo interno. 

Em 2020, os brasileiros fizeram compra do grão argentino. Segundo as estatísticas de comércio exterior do Ministério da Economia, de janeiro a novembro, o Brasil importou 1,12 milhão de toneladas de milho, sendo 12% deste volume vindos da argentina. A maior parte – 84% – foi adquirido do Paraguai.

Fonte: Correio do Povo - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.