Notícias

18/12/2020 - Milho

Imea estima área do milho safrinha 5% maior no MT e recorde de produção


O Imea (Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária) divulgou relatório apontando que área cultivada na segunda safra de milho em 2021 deve registrar aumento de 5,03% no Mato Grosso em relação à safrinha passada. Já para a produção de milho, o relatório projeta que estado irá colher 36,29 milhões de toneladas na segunda safra, volume recorde.

“As expectativas da manutenção dos preços em alto patamar anima os produtores a aumentarem as áreas de cultivo, sobretudo, das áreas de algodão que podem ser convertidas para o milho”, explicam os analistas do Imea.

A publicação destaca ainda que a  demanda poderá continuar firme tendo em visto o aumento da capacidade de produção pelas usinas de etanol já operantes e a entrada de novas no mercado, refletindo no consumo interno forte. Além disso, o setor animal gera expectativas positivas com as exportações em alta, o que também poderá beneficiar a maior demanda pelo grão e/ou subprodutos do cereal para ração animal.

No que se refere aos custos de produção, a próxima safra apresenta as despesas com fertilizantes e corretivos de solo mais elevadas, mesmo assim, o ponto de equilíbrio do produtor fica em R$ 22,50/sc, valor inferior às negociações realizadas dentro do estado.

“Em virtude das incertezas das áreas que poderão ser semeadas fora da janela, as atenções se voltam para as condições climáticas no cultivo da 2° safra, que poderão ser determinantes para que o produtor consiga maximizar os ganhos em produtividade até a etapa da colheita”, pontua o Imea, estimando que 14,11% das lavouras fiquem fora da janela ideal.

Por Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.