Notícias

12/08/2021 - Soja

Mais três empresas têm interesse em integrar joint venture de royalties da soja


Mais três empresas estão interessadas em se unir a joint-venture Cultive Biotec, cuja criação foi autorizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para fazer a gestão coletiva do pagamento de royalties por biotecnologia da soja para Bayer, Syngenta, Corteva e Basf. Foi o que revelou à Globo Rural a diretora-executiva da companhia, Silvia Fagnani, ontem (11/8). “Uma das empresas ainda não está no mercado brasileiro e as outras duas já atuam no país, ainda não têm biotecnologia, mas têm genética.”

Silvia diz que, por enquanto, a empresa vai cuidar da propriedade intelectual das sementes geneticamente modificadas da Bayer e da Corteva, que lançou sua biotecnologia nesta semana, mas o sistema já permite a entrada de Basf e Syngenta e está aberto para novos players. Segundo a diretora, essa abertura é uma das razões da criação da nova empresa, que já está autorizada, mas ainda não foi totalmente estruturada e deve começar a atuar nos próximos meses.

A executiva afirma que a Cultive Biotec não vai reduzir a competitividade entre as empresas, contestando o argumento da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), em nota divulgada na terça-feira (10/8). “O sistema reforça a concorrência porque garante que novos competidores entrem no setor. Além disso, o produtor terá o benefício de não precisar segregar os grãos por biotecnologia na hora da entrega porque o sistema vai gerar um crédito conjunto.”

Continue lendo AQUI

Por Eliane Silva
Fonte: Globo Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.