Notícias

17/12/2020 - Algodão

Mato Grosso comercializou 86% da safra de algodão 2019/20


O Estado de Mato Grosso comercializou 86% da safra de algodão 2019/20 e 51,8% da colheita de 2020/21, informou o responsável por soja do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), Marcelo Durigon. O analista participou ontem (16/12) à tarde de evento do Imea para apresentar um balanço do setor agropecuário no Estado em 2020 e perspectivas para 2021. Durigon também lembrou do "baque" que o algodão sofreu globalmente por causa da pandemia de covid-19, que derrubou o consumo da fibra, mas acrescentou que aos poucos o comércio mundial começa a ser retomado, principalmente com compras da China. "A cultura (agrícola de exportação) que mais sofreu com a pandemia certamente foi o algodão, com queda abrupta de preços", reforçou.

Ele mencionou, ainda, que há risco de pelo menos 20% da segunda safra da fibra em Mato Grosso ser semeada fora da janela ideal de plantio - em função de atrasos no plantio de soja. "A janela de algodão é mais curta do que a de milho safrinha", ressaltou ele, acrescentando que, por causa desse risco de atraso no plantio e da queda de preços verificada em 2020 por causa da pandemia, a perspectiva é de que o cotonicultor mato-grossense reduza a área plantada em 10,6% em 2020/21, para 1,01 milhão de hectares.

Já a previsão de produtividade deve ficar em 116,43 arrobas por hectare e os estoques iniciais de passagem em apenas 8 mil toneladas de pluma. A produção está prevista em 1,77 milhão de toneladas de algodão em pluma e a exportação em 1,24 milhão de toneladas.

Por Tânia Rabello
Fonte: Broadcast Agro - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.