Notícias

15/01/2021 - Milho

Milho a R$ 80 no MT pode ser realidade em breve diante de cenário positivo


A “tempestade perfeita” para os preços internacionais das commodities está se formando desde o início de 2020 e deverá permanecer no radar, pelo menos, até o final de 2022 tanto no mercado internacional quanto no mercado interno.

Segundo o analista da Céleres Consultoria, Anderson Galvão, os fatores que levaram a este cenário foram a recomposição dos rebanhos animais da China, que passou a demandar mais grãos e alguns problemas na produção da América do Sul e dos Estados Unidos.

Com isso, o produtor brasileiro que vende em dólar continuará negociando com preços bastante elevados.

Já no mercado interno, um fator que entra nessa conta como possível limitante das cotações seriam as incertezas com a volatilidade das cotações cambiais e uma possível chegada ao limite de altas que o setor granjeiro e de rações suportaria pagar.

Na visão do analista, este limite está bem próximo e seria de R$ 90,00 a saca, mas o analista acredita que nem mesmo a saída deste4s players do mercado interno seria suficiente para reduzir os preços no Brasil. Isso porque, a demanda internacional seguira aquecida e o abastecimento global prejudicado.

Sendo assim, Galvão acredita que a região da BR-163 no Mato Grosso, onde a saca de milho costuma ser mais barata, e hoje é cotada ao redor dos R$ 64,00 em Sorriso, pode facilmente chegar aos R$ 76,00 na paridade de exportação e bater os R$ 80,00 em 2021. “É o milho chegando aos preços que costumavam ser da soja”, diz.

Confira a entrevista completa: http://tempuri.org/tempuri.html

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.