Notícias

25/11/2020 - Soja

MT: Custo de produção de soja da próxima safra deve ser 10,02% maior


O produtor de soja em Mato Grosso deve ter custo total de produção 10,02% superior na próxima safra, referente ao ciclo 2021/22, informou em boletim semanal o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea). Segundo o instituto, os principais fatores que devem pesar sobre os custos são os insumos, o arrendamento e o custo da terra, que subiram por causa da alta do dólar ante o real e da própria saca de soja este ano.

“Para se ter ideia, a primeira previsão do dólar ponderado pela comercialização de insumos está 13,53% acima do dólar da safra 2020/21”, informa o Imea. “Isso foi suficiente para afetar o preço de aquisição de sementes, fertilizantes e defensivos em 9,08%, 9,07% e 10,90%, respectivamente.”

Em relação ao arrendamento e ao custo da terra, estes foram influenciados pela alta da soja, que teve como uma das causas o câmbio elevado, além das demandas interna e externa muito fortes. “Assim, com mais de 24% dos insumos já negociados, a primeira estimativa de custo total da safra 2021/22 é de R$ 4.619,74/hectare em Mato Grosso”, informa o boletim do Imea.

Plantio
O Imea disse também que Mato Grosso já semeou 98,47% da área prevista de soja na safra 2020/21. Segundo o instituto, este porcentual supera a área plantada em igual período do ano passado, mas muitas áreas precisarão ser ressemeadas, em razão de problemas climáticos.

Por Broadcast
Fonte: AGROemDIA - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.