Notícias

23/12/2021 - Milho

O que fazer se não colher milho suficiente?


Com a seca que assola os três estados do Sul do Brasil afetando milho e soja, a tendência dos preços dos mercados se altera, aponta a Consultoria TF Agroeconômica. Se por um lado há perdas com a quebra acentuada das safras, por outro surgem oportunidades. Como, então, é possível tirar proveito desta situação?

De acordo com os analistas, se não colher o esperado é preciso ter uma “nova fonte de renda para fazer frente aos custos financeiros das lavouras” pagar os custos astronômicos da lavoura de milho deste ano: “O Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) é uma das alternativas para você se ressarcir dos custos, mas não é a única. O mercado também oferece boas oportunidades de ganhos, porque esta é uma situação bem definida, com tendência clara daqui para frente”.

“Os preços já subiram um pouco, tanto no mercado físico, como no mercado futuro da B3, mas tem força para subir mais, porque a seca não acabou e não atinge apenas o RS, mas SC e PR também, que são grandes consumidores de milho. Achamos que é possível que os preços voltem para R$ 98,00/saca no mercado físico e R$ 103,00 (ou um pouco mais) na B3”, projeta a TF.

Continue lendo AQUI

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.