Notícias

26/08/2021 - Pecuária

Pecuaristas usam inteligência artificial para driblar aumento nos custos de produção


Há 25 anos atuando na pecuária, o engenheiro agrônomo Luiz Antonio Venturi, 48 anos, já fazia uso das mais diversas tecnologias em seu confinamento no Mato Grosso do Sul: fábrica de ração automatizada, pesagem frequente dos animais e softwares para gerir a propriedade com mais de 3,5 cabeças de gado.

Mesmo assim, a alta nos custos de produção puxada pela valorização dos grãos e dos animais de reposição desde o ano passado não o poupou. “Com o contexto econômico, na verdade, a gente ficou cada vez mais espremido. E sempre que você está espremido, precisa ganhar eficiência”, relata o pecuarista, que desde o início deste ano passou a fazer uso de inteligência artificial para decidir o momento exato de vender seus animais.

“Com o sistema monitorado, eu tinha uma situação em que sabia até o hoje. E o beeftrader veio trazer a visão de futuro. Nós fizemos uma integração com o nosso software de gestão do trato e ele sabe o custo efetivo de cada lote para prever o crescimento de cada carcaça, otimizando o uso da carcaça”, conta Venturini ao relatar a sua experiência com o aplicativo lançado em 2019 e que monitora mais de 30 confinamentos no Brasil e no Paraguai.

Continue lendo AQUI

Por Cleyton Vilarino
Fonte: Globo Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.