Notícias

20/10/2021 - Soja

Produtores de MT sofrem com falta de armazéns e criam alternativas


Agricultores de Mato Grosso reclamam da burocracia e da baixa oferta de recursos oficiais para a construção de armazéns. A falta de espaço para guardar as produções de soja e milho é um problema recorrente no estado.

O agricultor de Canarana, João Paulo, por exemplo, enfrenta dificuldade na hora de negociar a produção de cada safra. Ele não possui armazém próprio na fazenda. Aliás, existem poucas unidades armazenadoras no município, carência que causa transtornos e desvalorização do grão, refletindo direto no bolso do produtor.

“Uma [dificuldade] é o frete. Você depende de mais caminhão para puxar, e o frete fica mais caro, porque caminhão que podia fazer duas viagens no dia, acaba fazendo só uma e, às vezes, nem uma no dia faz, por causa das filas, porque demora as descargas. Às vezes também atrasa um pouco a colheita e você acaba perdendo; às vezes vem chuva e a soja acaba perdendo peso, qualidade, muitos descontos, porque se colhe na hora certa vem menos. Se tivesse um secador, a gente ganhava uns 10% a mais em cima do produto”, destaca.

Alternativa
Em Querência, município vizinho de Canarana, um grupo de pequenos e médios produtores encontrou uma alternativa para driblar a falta de armazéns e garantir melhores preços na hora de comercializar a safra: agir coletivamente. O agricultor Adelir Peter é um dos sócios e comemora os resultados alcançados.

Continue lendo AQUI

Por Pedro Silvestre
Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.