Notícias

30/09/2021 - Milho

Quebra na 2ª safra de milho mudou dinâmica de frete no Brasil, diz Conab


A quebra da segunda safra de milho afetou as exportações brasileiras do cereal e mudou a dinâmica de contratação de fretes e a rota para essas movimentações nesta época. De acordo com o Boletim Logístico da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com a necessidade de importação do grão do Paraguai e da Argentina, o cenário doméstico de fretes está concentrado em grandes empresas consumidoras do Sul do país.

"O volume de exportação do milho de janeiro a agosto é 25,9% menor do que foi realizado no mesmo período de 2020. As maiores reduções estão nos Estados de Mato Grosso e Goiás. A demanda por frete é menor do que se imaginava, influenciando nas cotações desse serviço. Outro ponto que tem influenciado nas cotações é o volume de importações de milho oriundos do Paraguai e da Argentina, alterando o cenário doméstico de contratação de serviços de transportes, sobretudo para os grandes demandantes do sul do país", diz o documento.

Continue lendo AQUI

Por Rafael Walendorff
Fonte: Valor Econômico 




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.