Notícias

05/11/2021 - Soja

Redução de fertilizantes na soja em 22/23 será necessária, diz Aprosoja-MT


Mato Grosso já está com 83% da área destinada à soja plantada nesta safra, de acordo com levantamento da consultoria Safras & Mercado. A média dos últimos cinco anos para o estado é de 67% e o resultado positivo do atual ciclo se deve ao adiantamento dos trabalhos possibilitados pela quantidade certa de chuva em outubro e início de novembro. 

No entanto, são as condições para a próxima temporada que têm preocupado os produtores do líder em produção da oleaginosa no país. Isso porque o encarecimento e possível falta de fertilizantes deve levar os agricultores a uma mudança de comportamento.

Situação da soja na safra atual
Apesar de a instalação da safra 2021/2022 em Mato Grosso estar adiantada em comparação à média dos últimos cinco anos, que foi de 67%, a chuva não tem beneficiado todas as áreas mato-grossenses. “Como o estado é muito grande, temos uma diferença enorme de lugar para lugar. Da região Sul para a Norte são mil quilômetros de distância, assim como da leste para a oeste, então é natural que tenhamos regiões mais adiantadas e outras mais atrasadas [no plantio]”, detalha o presidente da Aprosoja-MT.

Segundo ele, a região Leste do estado tem enfrentado algumas dificuldades neste sentido e não está com a semeadura tão adiantada quanto à Oeste, Norte e Centro-Sul.

Quanto aos custos de produção da soja geneticamente modificada observados no atual ciclo no estado, houve alta de 24,41% entre setembro de 2020 e igual período deste ano, de acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Mais informações AQUI

Por Victor Faverin
Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.