Notícias

30/08/2021 - Outros

Risco de Peste Suína Africana chegar ao Brasil é alto, alertam especialistas


Terceiro maior produtor mundial de carne suína, depois da China e dos EUA, o Brasil entrou em estado de alerta nas últimas semanas depois que foi confirmado o primeiro foco de peste suína africana nas Américas. Contudo, mesmo com o aumento do controle nas granjas comerciais e nos portos e aeroportos, especialistas em sanidade animal ressaltam que o risco de o vírus entrar no país é alto, o que poderia gerar uma avalanche de embargos à carne suína brasileira.

“A República Dominicana é um país basicamente turístico, está muito próximo do Norte do Brasil onde nós temos uma suinocultura não tecnificada e de subsistência. Pelo menos na minha opinião, é ali que teríamos que ter o máximo de reforço em relação a biosseguridade”, destaca o médico veterinário e gerente da área de suínos na América Latina da SANPHAR Saúde Animal, Paulo Bennemann.

“O principal impacto esta relacionado à economia. No momento em que é feito um diagnóstico positivo de PSA, o país inteiro é tido como positivo. Não interessa se é numa suinocultura de fundo de quintal no Norte do Brasil ou numa granja altamente tecnificada no Sul do país. É considerado o país e não a região. E a primeira coisa que acontece nessa situação é a suspensão total das exportações”, completa o médico veterinário.

Mais informações AQUI

Por Cleyton Vilarino
Fonte: Globo Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.