Notícias

28/01/2021 - Outros

Safra recorde puxou alta de 71,3% nos fretes de carga do agronegócio em 2020


Puxado pela safra de grãos, o frete rodoviário de cargas para o agronegócio cresceu 71,3% em 2020, na comparação com 2019, apontou levantamento da plataforma online de fretes FreteBras. Na avaliação da empresa, o setor foi um dos principais responsáveis pelo resultado positivo do transporte no ano passado.

Segundo a companhia, houve um movimento positivo já no início de 2020, especialmente por conta da colheita de trigo do final de 2019. Os fretes do cereal mais que dobraram no período. Houve também movimentação 80% maior de fertilizantes no terceiro trimestre. E, só no quarto trimestre, os fretes cresceram 59,2%, principalmente de grãos.

Em relação ao preço do frete, a FreteBras contabilizou uma média de R$ 0,14 por tonelada e por quilômetro rodado em 2020. Na avaliação da empresa, é um cenário de relativa estabilidade em relação às médias históricas, que variam de R$ 0,13 a R$ 0,15.

“As regiões Norte e Nordeste são as que oferecem custos mais baixos de transporte de cargas da indústria agro e a Sudeste o mais alto, curiosamente uma inversão completa quando comparado com o IFPF geral”, diz a empresa, fazendo referência ao Índice FreteBras de Preços de Frete (IFPF), que calcula desde 2018.

Resultado geral
De modo geral, considerando todos os setores analisados, o volume de fretes no país aumentou 62% em 2020, na comparação com 2019, apesar dos efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia brasileira.

Conforme o relatório da empresa, o maior efeito da crise nos transportes foi percebido no primeiro semestre, quando houve queda de 8%. Os dados coincidem com o início da adoção de restrições de movimentação e medidas de isolamento e distanciamento social.

“Entretanto, a chegada do terceiro trimestre, com uma alta histórica puxada principalmente pela safra recorde de produtos agrícolas, contribuiu para que houvesse um aumento duas vezes maior no volume de fretes em relação ao mesmo período em 2019, registrando um crescimento de 102%”, diz a FreteBras, em nota.

Para 2021, a expectativa é de manter o avanço na digitalização da atividade, também considerada um dos fatores determinantes do resultado positivo de 2020. A empresa considera positiva a expectativa de uma nova safra agrícola recorde.

“As previsões apontam que a safra de grãos atingirá um novo recorde, o que deve aumentar ainda mais a força do agro na economia do Brasil. A manutenção da taxa básica de juros em uma baixa histórica continuará aquecendo a indústria da construção, e o aumento das vendas on-line seguirá conectando consumidores e empresas em diferentes regiões”, diz a empresa.

Fonte: Globo Rural - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.