Notícias

15/02/2021 - Milho

Saiba o que pode mexer com os preços do milho nesta semana


Para esta semana, o mercado deve voltar suas atenções para o volume das exportações de milho dos Estados Unidos. Ainda há uma expectativa de quanto a China pode importar, causando maior preocupação sobre os estoques norte-americanos. O clima na América do Sul também segue como fator de atenção, especialmente para as lavouras da Argentina.

Acompanhe abaixo os fatos que deverão merecer a atenção do mercado de milho na semana. As dicas são do analista da Safras Consultoria, Fernando Henrique Iglesias.

– O mercado segue observando atentamente o fluxo de exportações norte-americanas como uma variável determinante para a formação de tendência de curto prazo;

– Além disso, o apetite chinês também tem grande relevância em um momento de estoques curtos nos Estados Unidos;

– No médio prazo aumenta a expectativa pelo relatório trimestral do USDA, que será divulgado no final de março, com as primeiras sinalizações de intenção de plantio para a safra norte-americana;

– O clima na América do Sul permanece relevante, com enfoque na situação da Argentina;

– O mercado brasileiro de milho encerra a semana apresentando inexpressiva fluidez dos negócios, algo natural às vésperas de um feriado prolongado;

– Resta saber qual vai ser o apetite de compra entre os consumidores no retorno aos negócios, uma vez que as negociações não devem fluir durante o feriado;

– Reiterando que as dificuldades de abastecimento serão algo recorrente ao longo do primeiro semestre, com o problema resolvido com a entrada da safrinha, a partir de julho;

– Outro aspecto que precisa ser considerado é o atraso do plantio da safrinha, aumentando o risco climático.

Fonte: Canal Rural - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.