Notícias

23/11/2021 - Soja

Sem taxa da B3, novo futuro de soja oferecerá hedge e arbitragem


O hedge com a soja na Bolsa de Chicago é muito distante da maioria dos produtores brasileiros pelo volume de entrada para cada contrato, bem como não reflete a realidade do físico no Brasil, diante do deslocamento dos dois mercados.

A partir da próxima segunda (29), isso começa a mudar, quando começar a ser negociado na B3 (B3SA3) o contrato Futuro de Soja Brasil. Como também serão listadas opções de compra e venda sobre os futuros, os exportadores aumentarão o grau de garantia contra os riscos, com mais arsenal para fazer arbitragens, adianta Louis Gourbin, superintendente de Commodities.

Cada contrato Futuro de Soja Brasil vai representar 34 toneladas (na CBOT é 136), portanto de valores mais amigáveis para os brasileiros. E estará alinhado aos outros derivativos agropecuários negociados na bolsa paulista em termos de composição.

Continue lendo AQUI

Por Giovanni Lorenzon
Fonte: MoneyTimes




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.