Notícias

03/09/2021 - Pecuária

Setor pecuário já contabiliza "prejuízo", afirma Lygia Pimentel


Na tarde desta quinta-feira, 2 de setembro, todos os envolvidos na cadeia produtiva da carne bovina – dos pecuaristas aos frigoríficos – estavam apreensivos em relação ao andamento das investigações por parte do Mapa (Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária) sobre a suspeita de um caso no Brasil de Encefalopatia Espongiforme Bovina (BSE, na sigla em inglês – conhecida como “doença da vaca louca”) atípica, em Minas Gerais.

No entanto, na avaliação de Lygia Pimentel, pecuarista e presidente da consultoria paulista Agrifatto, apesar das muitas dúvidas em relação ao possível caso, “o prejuízo” já foi contabilizado pela cadeia pecuária de corte.

“Não adianta tapar o sol com a peneira, deixar o pecuarista no escuro, fingir que nada está acontecendo”, diz ela em novo episódio de podcast da Agrifatto, intitulado “O que sabemos sobre a suspeita de EBB no Brasil e quais as possibilidades a partir daqui”.

Continue lendo AQUI

Por Denis Cardoso
Fonte: Portal DBO




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.