Notícias

24/09/2021 - Pecuária

"Silêncio ensurdecedor" da China aumenta a preocupação de frigoríficos e pecuaristas a cada dia


Mais uma semana se passou sem nenhuma manifestação dos chineses (pelo menos até ontem à noite, 23/9) com relação à suspensão das exportações brasileiras de carne bovina para aquele mercado, relata o médico veterinário Leandro Bovo, sócio e diretor da Radar Investimentos, de São Paulo.

Desde o início de setembro, os embarques da proteína vermelha ao mercado da China foram suspensos voluntariamente pelo governo brasileiro (seguindo as normas do acordo bilateral entre os dois países), após a confirmação de dois casos atípicos de “vaca louca” (Encefalopatia Espongiforme Bovina-EEB) no Brasil (em Minas Gerais e no Mato Grosso).

“O silêncio ensurdecedor do nosso principal parceiro comercial aumenta a preocupação de frigoríficos e pecuaristas a cada dia que não temos um posicionamento das autoridades chinesas a esse respeito”, afirma Bovo.

Na avaliação de Bovo, uma vez que a OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) já deu o caso por encerrado e manteve o status de risco do Brasil inalterado para a EEE, não existem justificativas técnicas para a manutenção do embargo.

Continue lendo AQUI

Por Denis Cardoso
Fonte: Portal DBO




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.