Notícias

19/10/2020 - Soja

Soja: Preços de subprodutos caem no mercado externo


Os preços do farelo de soja fecharam a semana em grade alta, mas os de óleo começam a dar sinais de cansaço, segundo informou a TF Agroeconômica. “Os preços do farelo de soja no mercado interno brasileiro continuaram subindo nesta semana,  entre 0,81% e 8,63%: em Anápolis subiram 1,6% para R4 2.485,00/tonelada; em Campo Grande 3,91% para R$ 2.390,00; em Erechim 2,88% para R$ 2.500,00; em Ituiutaba 3,83% para R4 2.440,00; em Passo Fundo 0,87% para R$ 2.320,00; em Uberlândia 8,63% para R$ 2.770,00; em São Gabriel do Oeste 2,08% para T$ 2.450,00; em Maringá 7,84% para R$ 2.750,00; em Orlândia 2,92% para R4 2.470,00 e em Rio Verde 1,01% para R$ 2.490,00”, comenta. 

“Os preços do óleo de soja subiram menos nesta semana: entre 0,87% e 2,99%. Foram 0,98% para R$ 6.180,00 em Passo Fundo; 0,97% em Chapecó para R$ 6.220,00; 1,73% para R$ 7.030,00 em Orlândia e 2,99% para R$ 6.900,00 em Anápolis. Nas demais praças ou os preços ficaram inalterados ou não divulgaram os preços”, completa. 

No mercado internacional, o óleo de soja fechou em baixa na China e Europa, com alta na Índia. “No porto chinês de Dallian a soja avançou para US$ 690,86 contra US$ 671,43 do dia anterior; o farelo de soja avançou para US$ 479,24, como os US$ 476,87 do dia anterior e o óleo de soja recuou para US$ 1.055,26 como os US$ 1.076,01 do dia anterior”, informa. 

“Em  Rotterdam, o principal  porto  não-China  de demanda de soja e subprodutos, o preço do primeiro mês cotado da soja-grão avançou para US$  457,50/t contra os US$ 455,80/t do dia anterior; o pellets de  soja  avançou  para  US$  495,00  contra  os  US$  482,00  do  dia anterior, afloat”, conclui. 

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.