Notícias

14/07/2021 - Soja

Sojicultores do Brasil recebem pagamento em troca de 'serviços ambientais'


Sojicultores brasileiros estão sendo pagos para promover a agricultura sustentável, de acordo com os organizadores de uma nova iniciativa que envolve 55 produtores nos Estados do Maranhão e Mato Grosso, no coração agrícola do país.

O programa, que recompensa produtores por seus “serviços ambientais”, evidencia a crescente pressão sobre o agronegócio brasileiro, que precisa promover a transição para um modelo que elimine o desflorestamento da sua cadeia, neutralizando sua pegada de carbono no processo.

Ao fazer isso, o programa cria um incentivo financeiro para a proteção ambiental, endereçando uma reclamação comum dos agricultores brasileiros a de que não se beneficiam por adotar práticas favoráveis ao meio ambiente.

A iniciativa conta com o apoio da unidade de químicos do conglomerado japonês Sumitomo, que faz os pagamentos aos agricultores, e da Tropical Forest Alliance (TFA) responsável pela metodologia de avaliação dos serviços ambientais, que incluem o aumento da fixação de carbono no solo, a conservação de água e os cuidados com a biodiversidade nas propriedades.

Segundo os cientistas, os agricultores podem empregar técnicas regenerativas para ajudar a fixar o carbono no solo, incluindo o plantio de culturas ou utilização de coberturas de solo durante todo o ano, em conjunto com atividades agroflorestais que combinam pecuária, agricultura e o plantio de árvores.

Marcelo Habe, diretor de marketing da Sumitomo Chemical no Brasil, afirmou à Reuters que a iniciativa gerou uma redução “teórica” no desmatamento estimada em 4 mil hectares, com base em dados de um algoritmo.

Ele disse que a empresa reservou 55 mil dólares em recompensas a serem pagas a sojicultores elegíveis do Brasil em 2021.

Mais informações AQUI

Por Reuters
Fonte: MoneyTimes




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.