Notícias

07/12/2021 - Soja

Sorriso pode elevar em 11% a produção sem custo adicional


O município de Sorriso (MT), distante cerca de 400 km da capital Cuiabá, é o maior produtor nacional de soja e também lidera o valor da produção agrícola, segundo o IBGE. Em 2020 a cidade  teve crescimento de 35,5% frente ao ano anterior e gerou R$ 5,3 bilhões.

Na última safra uma produtividade média de 61,48 sacas por hectare (sc/ha). Para atingir tal resultado plantou 86 cultivares distintas. A escolha da cultivar mais adequada é a grande dificuldade. A opção correta é que vai ajudar a garantir as melhores respostas em produtividade.

De acordo com informações do PlantUP, plataforma digital gratuita que auxilia o produtor na tomada de decisão, se os agricultores locais selecionassem as cinco cultivares que foram mais produtivas na região na safra anterior (considerando as com representatividade acima de 40 talhões), poderia ter um aumento de produtividade de 1,6 sc/ha, chegando a 63,08 sc/ha.

“Agora, além de selecionar as melhores cultivares, se os agricultores plantassem cada uma delas na sua melhor época e na melhor população de plantas, esse potencial seria ainda maior, ou seja, com essas três informações, chegaria a um aumento de 5,42 sc/ha. Assim, a produtividade média da região saltaria para 68,5 sc/ha”, explica o diretor comercial do Grupo ATTO, Marcelo Laurente.

Utilizando essas três informações - cultivar mais produtiva, a melhor época para o plantio e a população certa por hectare -, os 600 mil hectares analisados do município de Sorriso teriam um aumento de 11,4% na produção de soja, com um acréscimo na média de mais de sete sacas por hectare.

Continue lendo AQUI

Por Eliza Maliszewski
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.