Notícias

09/08/2021 - Milho

Veja o que vai nortear as cotações da saca na semana


A demanda por milho segue aquecida e, apesar de algum arrefecimento nas cotações durante a semana, os preços se sustentam próximos ao seu topo histórico. A qualidade do grão, no entanto, é um problema recorrente nos estados, levando à necessidade de mistura. O avanço da colheita tende a produzir algum alívio nos preços.

Quem analisa o atual contexto desse mercado é Fernando Henrique Iglesias, da Safras & Mercado. Confira o baixo o que pode mexer com as cotações do cereal na semana:

  • A qualidade do milho é um problema recorrente nos estados afetados pelas geadas. No Paraná, os danos foram severos. Dessa forma, para a plena utilização será necessária a mistura com milho de maior qualidade;
  • A demanda por milho do setor de carnes não apresenta retração em 2021. O alojamento de pintos de corte foi recorde durante o primeiro semestre. A tendência é que o Brasil aloje mais de 7 bilhões de pintainhos em 2021;
  • Houve algum arrefecimento das cotações do milho no decorrer da semana, no entanto os preços se sustentam próximos ao seu topo histórico;
  • O avanço da colheita tende a produzir algum alívio nos preços, mesmo assim eles permanecem muito acima da média histórica;
  • No mercado internacional, foco na produtividade média da safra norte-americana. O relatório de oferta e demanda, que será divulgado pelo USDA no dia 12, será um norte importante neste sentido;
  • O Crop Tour realizado pelo grupo Pro Farmer é outro marco importante, sinalizando para a produtividade média em todo o Meio-Oeste dos EUA;
  • Além disso, outro foco de atenção está no comportamento da China no mercado, mais atuante em 2021, comprando bons volumes de milho.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.